Jeremias, o Amigurumi em crochet

Crochet-Amigurumi

Escolhi um novo modelo de amigurumi que encontrei no livro Animal Friends of Pica Pau da Yan Schenkel e fiz o Jeremias, o sapo!


O Jeremias é um sapo talentoso. Dei-lhe este nome inspirada na personagem de Miss Potter.

Ele teve uma carreira olímpica fabulosa como nadador profissional quando era jovem. Viajou por todo o mundo com a sua equipa! Depois de se retirar dos jogos olímpicos, Jeremias queria usar o potencial dos seus sacos vocais tão desenvolvidos depois de uma carreira como nadador. Por isso começou a cantar e a treinar a sua voz como coralista! Num encontro com o cantor Paul McCartney surpreendeu-o com a sua voz. Então Paul convidou-o para o seu famoso coro de sapos. Hoje, o Jeremias ainda gosta de vestir os seus calções de banho e mergulhar no rio com as suas barbatanas amarelas. Depois fica a cantarolar ao sol!

  • Crochet-Amigurumi
  • Crochet-Amigurumi
  • Crochet-Amigurumi
  • Crochet-Amigurumi
  • Crochet-Amigurumi
  • Crochet-Amigurumi
  • Crochet-Amigurumi

Materiais e o modelo de amigurumi

Como habitualmente, para fazer o Jeremias usei o fio de algodão Catona Scheepjes e segui o modelo tal e qual. Adoro usar algodão no verão: é leve e fresco nas minhas mãos. Gosto deste fio especialmente para projectos de amigurumi. Estes são projectos simples e fáceis de fazer em qualquer lugar e em quaisquer férias! Assim como com os que já fiz anteriormente, este modelo foi muito simples de seguir. Aliás, eu acho que todos os modelos de animais da Yan Schenkel são muito simples, perfeitos para iniciantes. Mas aquilo que eu mais gosto é de lhes inventar uma história. Como habitualmente não fico com nenhum, gosto de lhes dar uma história para lhes encher a alma, como se tivesse de insuflar o seu coração tricotado.

O projecto perfeito deste verão

Depois de tantos mergulhos no mar e no rio para me inspirar, o Jeremias acabou por seu o projecto perfeito para me entreter neste fim de verão. Mesmo a tempo de ficar pronto para conhecer o seu amigo Lucas, um bebé gémeo que deve estar para nascer a qualquer momento. Qual vai ser o teu próximo projecto amugurumi?

Continue Reading

Tricotar uma camisola em confinamento!

knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown
  • knit-a-sweater-lockdown


Era a minha vez de ter uma camisola feita à mão.

Depois de arriscar um tamanho de criança, eu tinha de colocar em prática o que tinha aprendido. Por isso resolvi fazer uma camisola para mim. Fi-la durante os últimos meses de 2020 e foi um motivo de alegria vesti-la nos primeiros meses de 2021. Apesar do ano singular de 2020, 2021 trouxe-nos conhecimento e uma nova perspectiva sobre a vida. 

Materiais e modelo para tricotar à mão

A minha camisola foi feita no modelo Fortune Sweater da PetiteKnit usando fio duplo Silk Mohair da Isager Yarn na cor 00. É leve, não pica e é tão quente que me fez esquecer o frio de um inverno em confinamento.

Como “tricotar uma camisola” em confinamento?

Depois de terminar a minha camisola acho que depositei mais confiança em mim mesma. Talvez seja um reflexo do que tem vindo a acontecer ao longo desta pandemia. É certo que os planos nos saíram furados: uns mais do que outros. Mas há sempre sonhos para perseguir que nos redireccionam e nos mantêm íntegros. É apenas uma questão de abrir horizontes. Somando todos os pontos, caminhamos para concretizar um projeto maior: a nossa “”primeira camisola”.

Aquilo que parecia um desastre em Março de 2020 obrigou-nos a ser resilientes. Obrigou-nos a reordenar e reforçar os conteúdos do nosso dia-a-dia. E, sobretudo, a criar novos sonhos, novos desafios para os quais tivemos de contar connosco próprios e com aqueles de quem não podemos separar-nos. Não é um período para ter saudades. Nada apaga o sofrimento porque tantos de nós passamos. Foi como um terramoto que atingiu todo o mundo. Mas é um período para nos mostrar do que somos capazes. Ultrapassar, descobrir e sobretudo de fazer.

Uma reflexão emotiva sobre a minha camisola


Tirei estas fotografias no primeiro dia que o sol espreitou depois de duas grandes tempestades de inverno. Era como uma nuvem quente no clima agreste, nas ondas geladas e num areal ao qual o lixo marinho não parou de chegar… Era como um reflexo algo cru (que eu preferi assumir nas fotografias) do impacto que temos no mundo e que não faz pausa mesmo em plena pandemia. 

Continue Reading

Camisola de tricô a partir de um modelo gratuito

  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby
  • knitting-sweater-for-baby

O inverno está para ficar: frio e chuvoso! E a minha afilhada não pára de crescer. Ela precisa de roupa, em especial de uma camisola de tricô quente e confortável que a aqueça quando anda a explorar a estação fria.

Por isso resolvi fazer-lhe uma camisola de tricô com o modelo gratuito da Flax Light da The Simple Collection pela Tin Can Knits. É uma camisola com corte básico que faz deste modelo muito versátil. A camisola é tricotada sem costuras desde o colarinho. É bem capaz de ser o projecto perfeito para a nossa primeira camisola em tricô. Para tricotar a camisola usei dois novelos Cool Wool Big Color da  Lana Grassa que trouxe de Delft. Um fio 100% lã merino muito macia, perfeita para crianças. 

Fiz o tamanho 1-2 anos porque acho que é possível prolongar o tempo de uso destes projetos. Temos apenas de ter o cuidado de usar um bom fio e um bom modelo. Optar por um modelo básico que fique bem tanto mais largo como mais justo faz com que a margem de erro seja generosa. Assim é possível adaptar o uso das peças durante mais tempo. Sobretudo numa época em que as crianças crescem a olhos vistos. Eu diria que quase de uma semana para a outra. Assim, com sorte, a camisola vai servir-lhe bem durante esta estação, para a próxima também. E quem sabe mais qualquer coisa! 

O modelo está muito bem desenhado e é muito fácil de seguir. Uma grande vantagem deste modelo é que tem tamanhos que vão desde o bebé até ao adulto. Além disso é um modelo unissexo simples e versátil. Isto significa que facilmente podemos tricotar um “matching set” para toda a família. No mínimo um “matching set” do tipo “mãe e filha” ou “pai e filho”. Basta escolher a lã e as cores que agradem mais a cada um dos membros da família!

Continue Reading