Advent calendar challenge

(scroll for the English version)

Não posso esconder que me sinto um pouco atrasada em relação ao Natal deste ano. De certa forma sinto que tudo é feito demasiado cedo, com demsaiada antecipação. Eu ainda não fiz o meu pinhiero de Natal e a única coisa que “saiu cá para fora” neste dia 1 de Dezembro foi a minha coroa de Natal e o princípio do meu calendário de advento.

O que tenho sentido mais falta nestes últimos meses é de uma rotina “handmade”. Infelizmente os projectos em que estou envolvida implicam algum tempo que costumava dedicar a uma ou duas horas ao serão para uma ou duas linhas de tricô ou um granny square. Vejo-me obrigada, por outro lado, a envolver-me em blocos de tempo maiores nos quais posso dedicar-me aos meus projetos mas a rotina faz-me mesmo muita falta. Por isso, este ano, o meu calendário de advento vai obrigar-me a ir “contra a maré” e a “oferecer-me” como presente de Natal uns minutos de rotina diária.
Como sabem eu sou adepta dos calendários de advento que se constroem, em detrimento daqueles que se vão consumindo até ao dia de Natal. O advento é preparação, não vejho como o consumo de recursos pode espelhar o conceito desta época.
O meu desafio para este advento é preencher diáriamente um bastidor bordado com coisas que me recordem esta época e, mais do que chegar ao fim com um calendário pronto a decorar a minha casa, o objectivo é envolver-me e devolver-me a paz e a preparação que o advento subentende. Esvaziar-me do resto e dedicar-me alguns minutos diários (vá, uma coisa destas não leva mais do que uns minutos) a mim mesma e às coisas que adoro fazer. Todos os dias farei um motivo diferente até chegar ao dia de Natal!
O meu primeito motivo foram umas luzinhas! Daquelas antigas que a minha avó usava… Podem seguir diariamente este projecto na minha conta do Instagram.

I can’t lie! I am feeling a little late regarding Christmas this year. In a way I feel that everything is done too early, with a huge anticipation. I have not yet made my Christmas tree and the only thing that “made its appearance” on this December 1st was my Christmas Wreath and the beginning of my advent calendar.

What I have been missing most in the last few months is a “handmade” routine. Unfortunately the projects in which I am involved still some time that I used to devote, an hour or two in the evening, to one or two lines of knitting or a granny square. I find myself obliged, on the other hand, to get involved in larger blocks of time in which I can devote myself to my projects, but the routine is very much lacking. So, this year, my advent calendar will force me to go “against the tide” and “offer me” as a Christmas gift a few minutes of daily routine.
As you know I am a huge adept of advent calendars that are “built” over time, instead of those which are consumed until the Christmas Day. The advent means preparation, and I don’t understand how the consumption of resources can reflect this concept.
My challenge for this advent is to fill a embroidered loop with things that remind me of this time of the year and, more than to end with a calendar ready to decorate my house, the goal is to get involved and give me peace and the preparation that the advent implies. I want to close myself to the noise and devote a few minutes a day (honestly, such a thing takes no more than a few minutes) to myself and the things I love doing. Every day I’ll make a different motive to add to my embroidered advent loop until I get to Christmas Day!
My first motive was a set of twinkling lights! The old ones, like my grandmother used… You can follow my daily progress on this project through my Instagram account.

You may also like

Leave a Reply

Your email address will not be published.