Handmade christmas cards!

(scroll for the English version)

Há algum tempo que percebi que escrever à mão é algo muito pessoal, prazeroso e algo calmante. Há quem ache uma actividade terapêutica num mundo que gira a grande velocidade. Enviar postais de locais longínquos, de experiências especiais pode ser algo mais comum que ainda tentamos fazer com alguma regularidade. Contudo, se há algo que quase se perdeu na totalidade foi o envio de postais de boas festas em troca de alguns e-mails, sms ou até posts nas redes sociais. Mas, queiramos quer não, o envio de postais escritos (ou até feitos) à mão tem outro significado. Não só é muito agradável receber um postal na caixa do correio como, para além de um pedaço de papel, um postal leva consigo um gesto de carinho, de atenção dos quais o mundo, em geral, tem fome e sede.

Retomar o envio de alguns postais de Natal foi um momento terapêutico que eu voltei a incluir nas minhas tarefas de advento e que, obviamente, eu tive de fazer à mão!
No ano passado fiz um workshop de impressão manual em tecidos com a Marta! E como eu disse, foi um workshop que me abriu os olhos para uma série de possibilidades. Para além de algumas experiências que espero partilhar convosco em breve, deu-me algumas ideias para impressões em papel. E por isso, no passado Natal, resolvi criar um carimbo que utilizei para fazer postais. Para isso, embrenhei-me na aventura de criar um grande carimbo desenhado e cravado à mão para ilustrar os meus postais. Eu sou católica e por isso o motivo que escolhi para os postais está naturalmente ligado ao nascimento de Cristo. Contudo, não sirva isto de imposição para ninguém que o queira enviar ou que o receba. Acima de qualquer coisa, este postal tinha o objectivo de carregar os postais com uma dose generosa de amor e enviá-la aos amigos!
Apesar da imagem algo tradicional, para lhes dar um toque de actualidade e que me representasse também de alguma forma, decidi costurar uma fralda bem “cool” para cada um dos meus meninos Jesus. Adorei o resultado final e foi um momento muito estimulante quando os deixei no marco do correio. A expectativa de saber que os meus amigos os receberiam dentro de dias nas suas caixas de correio era enorme!

For some time that I have realized that writing by hand is something very personal, pleasant and calming. There are those who find it a therapeutic activity in a world that spins at a great speed. Sending postcards from our trips and other experiences is something we still do from time to time. However, if there is something that is almost lost is the habit of sending holiday postcards in exchange for some emails, sms or even posts on the social networks. But whether we like it or not, sending postcards or letters (specially the handmade ones) has a special meaning. There is not too much to receive in the mailbox these days besides publicity and bills! But, despite being just a piece of paper, a postcard can be received as a gesture of affection: a kind of attention the world is hungry and thirsty for.

Restoring the habit of sending Christmas postcards had a therapeutic dimension for me so I reintroduce it on my advent tasks. And obviously, they must be handmade! Last year, I went on fabric manual printing workshop with Marta! And like I said before, it was a workshop that opened my eyes to a number of possibilities. In addition to some experiences that I hope to share with you soon, I come up with some ideas for paper prints. And so, last Christmas, I decided to create a stamp that I used to make my Christmas postcards. I decided to create a large, hand-drawn stamp to illustrate my Christmas postcards. I am Catholic and so I chose a design related to the birth of Christ. However, it was not intended to impose nothing to anyone who wants to send it or who receives it. Above all, this had the purpose of carrying the cards with a generous dose of love and sending it to my friends!
Although the image is somehow traditional, I gave it a little touch of reality by sewing a very “cool” dipper for each of my baby Jesus. I loved the final result and it was a very exciting moment when I took it to the Mail box. The expectation of knowing that my friends will receive them in a couple of days was huge!

You may also like

Leave a Reply

Your email address will not be published.